domingo, 31 de maio de 2015

Cinema Time - A Idade de Adaline

Boa noite, Soberanos!


http://filmpt.com/wp-content/uploads/2015/03/The-Age-of-Adaline-posters.jpg



Há cerca de 1 mês falei-vos aqui da breve estreia do filme A Idade de Adaline. Infelizmente, na cidade onde estou neste momento, já não há cinema. Também não sou muito frequentadora dos mesmos, não fui habituada a isso, e estou, portanto, limitada à Internet, para os ver.
E esta chegou rápido ao Wareztuga, e eu não perdi tempo. Metê-lo a carregar... play!




Por tanto, falando do filme, gostei muito. Muito, muito mesmo!
É simples, óptimo para um momento de relaxamento. 
A Adaline é uma pessoa sofisticada e super divertida. Dá para soltarmos alguns risos e gargalhadas ao longo do filme. E olhem que não sou daquelas pessoas que os filmes as põe a rir facilmente ;)

http://media.giphy.com/media/fUbufsbIqNYnC/giphy.gif

Porém, como assim o drama exige, também tem os seus momentos tocantes. A mim, por duas vezes que me tocou. Numa, mais ou menos a meio, que fiquei de lagrimita no canto do olho, e outra mais para o fim que, aí sim, a lágrima lá seguiu o seu caminho, face abaixo.



Indo à história:
Como já o trailler nos dá a conhecer, a Adaline tem uma vida perfeitamente normal. Nasce em 1908, cresce, estuda, casa-se, tem uma filha, fica viúva...

http://media.giphy.com/media/gGDdhUdMywRIA/giphy.gif


Mas, um dia, por causa da inesperada queda de neve, tem um grave acidente de carro, que cai de uma ponte, directamente no rio. 

 



A água do rio estava gelada e, o seu corpo, com tal choque bruto de temperatura, ela sofre de hipoxia - deixa de respirar repentinamente, a temperatura corporal desce abruptamente e o seu coração pára. 
  
https://turntherightcorner.files.wordpress.com/2014/11/the-age-of-adaline-movie-screenshot-blake-lively-ice-water.jpg


Mas um raio atinge o seu carro e, tendo em conta a quantidade de volts pelos quais é atingida, o seu coração reactiva, sai do estado de hipoxia, começando a respirar de novo e torna-se imune aos efeitos do tempo.


http://media.giphy.com/media/fUbufsbIqNYnC/giphy.gif

http://www.justlia.com.br/wp-content/uploads/2015/05/posteres-adaline.jpg


Mas, ao fim de um tempo, as pessoas começam a notar que não envelhece, que parece mais irmã da filha que realmente sua mãe. E quando é mandada parar pela polícia e ele desconfia de que os seus documentos são falsos, por ela não aparentar ter a idade que lá vem indicado, ela resolve fugir e inscrever-se na escola de medicina, na tentativa de perceber o que se passou com ela.
 

 

 Após um ano de estudos, com a não obtenção de uma explicação, desiste. Porém, é abordada pelo FBI que a detêm e querem fazer testes com ela.


 http://media.giphy.com/media/3o85xtmDyZNMb5gRlC/giphy.gif

Ela consegue escapar deles e, assim sim, resolve desaparecer de vez, despedindo-se da sua filha, a única pessoa que sabe da verdade, com quem ela mantém sempre contacto e de quem tenta estar o mais próximo possível.

Fotogaleria do filme «A Idade de Adaline»

A cada década ela muda de local, de casa, de nome, de aparência e evita tirar fotografias para que não haja, de forma alguma, provas do seu "não envelhecimento".

http://media.giphy.com/media/7p7tCSCXSKiI0/giphy.gif

Numa festa de passagem de ano ela troca olhares com um rapaz, mostrando uma atraccção mútua. Acabam-se por se conhecer no elevador, e ele tenta aproximar-se dela, ficar com um contacto dela ou assim, mas ela consegue escapar.


Porém, ele acaba por arranjar uma maneira de ela não ter como escapar de um encontro com ele.
Convencida pela sua filha de que está na altura de se deixar levar pelo amor, ela dá uma oportunidade a eles os dois.


Num fim-de-semana passado em casa dos pais Ellis, o pai dele reconhece-a, como sendo Adaline. 

Fotogaleria do filme «A Idade de Adaline»

Uma jovem que ele conheceu na Europa, nos anos 60. Ela consegue dar a volta à situação, mas ficará ele realmente convencido de que ela não é a mesma pessoa que ele conheceu há 50 anos atrás?



Será que isto comprometerá o seu segredo? Perceberá ele que é realmente ela? A relação de Ellis sobreviverá ou será o início do seu fim? E Adaline? Será para sempre imune ao tempo?



Só uma coisa que achei super querida no filme: ela falou em português!! :D 
Ellis estava a tratar de negócios ao telemóvel, e precisava de pedir umas coisas, mas em português, e ela, na sua forma mais descontraída, como se coisa a coisa mais fácil do mundo, pega no telemóvel e fala por ele. :)


O filme ainda está em cartaz nos cinemas NOS e acho que seria um bom filme para ver. Algo mais calmo, descontraído, romântico, mas sem demasiado "floriado" e exagero, e passar um bom bocado relaxante.E, não esquecer, super interessante. Talvez até um pouco moral. 

Muitos de nós têm medo de envelhecer. Será que conseguíamos viver durante anos, sem que isso acontece-se? Isto, claro, sendo algo incomum, desconhecido para a ciência, e tivéssemos que andar em constante fuga.
Já imaginaram o que ela deve ter passado? A solidão que não deve ter sentido... Ter sido obrigada a afastar-se da vida da sua filha, não poder aproximar-se de ninguém, apaixonar-se, dar-se a conhecer... Não se poder apegar demasiado às coisas porque, mais tarde ou mais cedo, teria que se livrar delas, mudar de casa, mudar de vida e de aparência, procurar alguém que lhe falsifique os documentos e, principalmente, nunca ser apanhada pelas autoridades. Não deve ser uma vida nada, nada fácil.
Seriamos nós capazes de viver assim?








Sinopse:
Depois de, miraculosamente, ter ficado com 29 anos durante quase oito décadas, Adaline Bowman (Blake Lively) leva uma vida solitária, nunca se permitindo aproximar de ninguém que possa vir a descobrir o seu segredo. Mas um encontro casual com Ellis Jones, um jovem e carismático filantropo (Michiel Huisman) reacende a sua paixão pela vida e pelo amor. Um fim de semana com os pais de Ellis (Harrison Ford and Kathy Baker) ameaça por a descoberto a verdade, e a Adaline toma uma decisão que mudará para sempre a sua vida. 




Género: Drama/Romance
Data de estreia: 2015-04-29
Título Original: The Age of Adaline
Realizador: Lee Toland Krieger
Actores: Blake Lively, Harrison Ford, Ellen Burstyn
Distribuidora: NOS Audiovisuais
País: EUA
Ano: 2015
IMDB: 7,5

1 comentário:

Tim disse...

quero mt ver este filme