quarta-feira, 27 de maio de 2015

"Toda a Luz Que Não Podemos Ver" - Editorial Presença

Hoje vim falar-vos novamente deste livro.

Ele foi lançado no dia 7 deste mês, e foi um dos livros distinguidos no Goodreads Choice Awards 2014, na categoria de Ficção Histórica.
Vencedor do Prémio Pulitzer 2015, agora também pode ser lido cá em Portugal.
Confesso que fiquei um bocadinho curiosa por ele. E vocês?


de Anthony Doerr


http://imagens.presenca.pt//products/Liv01040605_f.jpgSinopse:  
Marie-Laure é uma jovem cega que vive com o pai, o encarregado das chaves do Museu Nacional de História Natural em Paris. Quando as tropas de Hitler ocupam a França, pai e filha refugiam-se na cidade fortificada de Saint-Malo, levando com eles uma joia valiosíssima do museu, que carrega uma maldição.

Werner Pfenning é um órfão alemão com um fascínio por rádios, talento que não passou despercebido à temida escola militar da Juventude Hitleriana. Seguindo o exército alemão por uma Europa em guerra, Werner chega a Saint-Malo na véspera do Dia D, onde, inevitavelmente, o seu destino se cruza com o de Marie-Laure, numa comovente combinação de amizade, inocência e humanidade num tempo de ódio e de trevas.

Autor: Anthony Doerr
Nº de Páginas: 520

Distinções: 
- Um dos melhores livros do ano, segundo a Amazon.com
- Finalista do National Book Award 2014
- Um dos 10 melhores livros do ano, segundo o New York Times Book Review
- Melhor livro de 2014 segundo a Barnes and Noble,Entertainment Weekly, The Washington Post, The Guardian e Kirkus Review


Prémios
- Pulitzer 2015
 
 
Citações
«Impressionante e inspirador…» | Entertainment Weekly 
«Grandioso.» | The Guardian 
«Provavelmente o melhor livro que vai ler este ano.» | Washington Post 
«Minucioso... Uma reflexão sobre o destino, o livre arbítrio, e o modo como, em tempo de guerra, as pequenas escolhas podem ter grandes consequências.» | The New Yorker 
«Realidade e ficção histórica misturam-se - transmissões de rádio secretas, um diamante amaldiçoado, as dúvidas mais profundas de um soldado - num livro convincente e, ao mesmo tempo, doce e amargo.» | People 
«Um dos dez melhores livros do ano.» | The New York Times Book Review



Anthony Doerr

http://imagens.presenca.pt//authors/Aut013323_f.jpgBiografia:  
Anthony Doerr nasceu em Cleveland, no Ohio em 1973. Vive com a mulher e os dois filhos em Boise, no Idaho.

Publicou os livros de contos - The Shell Collector (2002) e Memory Wall (2010), uma autobiografia Four Seasons in Rome (2007) e dois romances, About Grace (2004) e Toda a Luz que não Podemos Ver, que foi finalista do National Book Award em 2014 e bestseller número 1 do New York Times.

Anthony Doerr já foi galardoado com vários prémios, tanto nos Estados Unidos como noutros países: quatro O. Henry Prizes, três Pushcart Prizes, dois Pacific Northwest Book Awards, três Ohioana Book Awards, Barnes & Noble Discover Prize, Rome Prize, New Yorker Public Library’s Young Lions Award, Guggenheim Fellowship, NEA Fellowship, National Magazine Award para ficção.

Em 2010, recebeu o Story Prize, um dos mais prestigiados prémios nos Estados Unidos e o Sunday Times EFG Short Story Award. Em 2007 a revista literária Granta considerou Anthony Doerr um dos melhores jovens romancistas americanos.

1 comentário:

Tim disse...

está na minha lista :P