terça-feira, 29 de setembro de 2015

A Maldição do Rei - WOOK & FOX


Ora bem, tal como referi todas a semana passada, a WOOK e a FOX, todas as semanas, destacaram um livro.
E cá vem o desta semana!!

Desta semana chega-nos o 4º volume da série A Guerra dos Primos. Confesso que também desconhecia esta série e estes livros, mas está-se sempre a tempo de aumentar o nosso conhecimentos, não é assim??

Pois bem, então vamos lá conhecer este 4º volume intitulado "A Maldição do Rei", e conhecer também a sua autora.



A Maldição do Rei
A Guerra dos Primos - Volume VI,
de Philippa Gregory


http://images.portoeditora.pt/getresourcesservlet/image?EBbDj3QnkSUjgBOkfaUbsI8xBp%2F033q5Xpv56y8baM65nCaz5Vo69bzPI5QD9hNR&width=440
Adquirir AQUI
 
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 560
Editor: Editorial Planeta
 
Uma personagem feminina forte, a maldição de um rei, um romance rico em pormenores históricos e investigação rigorosa.
No centro da rápida deterioração da corte dos Tudor, Margarida terá de decidir se a sua lealdade é para com o cada vez mais tirânico Henrique VIII ou para a sua amada rainha. Aprisionada na corte, terá de escolher o seu caminho e esconder a todo o custo o seu conhecimento de uma antiga maldição sobre os Tudor, que lentamente se torna realidade...
 
 
 
 
http://static.dsconto.com/wp-content/uploads/2012/05/EditoraPlaneta.jpg
 
 
 
 
 
Philippa Gregory
 

http://media2.fdncms.com/sfexaminer/imager/philippa-gregory-will-talk-at-the-commonwealth-club-on-tuesday-getty-imag/u/big/2314432/philippa_gregory1025.jpgPhilippa Gregory já era uma escritora aclamada quando se interessou pelo Período Tudor. Este foi o passo que catapultou a sua carreira literária, sendo hoje uma das autoras de romance histórico mais lidas em todo o mundo.
Atualmente vive com a família numa quinta, no Yorkshire, e dedica-se, além da escrita, à investigação histórica.BR> É fundadora da organização «Gardens for Gambia» responsável pela construção de cerca de 200 escolas primárias naquele país. Um dos projetos desta organização é a criação de hortas nas escolas a fim de providenciar a alimentação e desenvolvimento das comunidades.

Sem comentários: