sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Opinião do livro "Younger - Mais uma Oportunidade"

Boas!

Hoje trago a opinião do primeiro livro que li este mês (finalmente!)
Este livro foi o que inspirou a série Younger, série essa que já falei aqui no blogue (leiam-na >AQUI< e que a sua 2ª temporada chega já no próximo ano! :D

 


Por ter visto a série e por a ter adorado tanto, é que fiquei curiosa e com interesse em ler o livro. Mas acho que não o devia ter lido depois de ver a série. A série é inspirada no livro, ou seja, a ideia base é a mesma, mas os acontecimentos são diferentes. Vai ser inevitável eu falar do livro sem fazer comparações com a série.
E o facto de eu ter visto antes a série fez-me ter espectativas e esperar coisas do livro que ele não tinha. E isso fez-me ficar um bocadinho desanimada com ele.
Mas vamos lá falar dele como deve ser:

3/5

Então, este livro conta-nos a história de Alice, uma quarentona, recentemente divorciada, que entregou a filha já adulta ao mundo, e que acabou de cair na realidade de que está sozinha. Para se ocupar, resolveu voltar ao mundo do trabalho. Ela trabalhava numa editora antes de ter engravidado e de ter resolvido entregar-se a tempo inteiro à tarefa de ser mãe.
Mas, agora, com 44 anos, as portas são-lhe fechadas. Já é considerada velha e os anos que esteve afastada do mundo do trabalho faz com que achem que ela tem pouca experiência.
Porém, ela tem uma genética extremamente boa. Apesar da sua idade, ela tem aparência de ter 20 e poucos. Assim, e após uma brincadeira com a sua amiga Maggie, e após um jovem ter mesmo acreditado que ela estava na casa dos 20 e poucos, resolvem inovar o look dela, dar-lhe uma aparência mais jovem e pô-la, de novo, a ir a entrevistas de emprego, à procura de trabalho, mas sem nunca revelar a sua verdadeira idade, deixando com que as empresas tirem as suas próprias conclusões. Don't ask, don't tell.

Com isto, ela conseguiu trabalho na sua antiga editora. Fica a trabalhar como braço direito de Teri, a directora da parte de marketing. Uma mal encarada, sabichona e mandona, que rouba as ideias dos outros e se faz dona delas, se acha a maior e que ninguém é melhor que ela.
Aqui, na editora, Alice faz uma amiga com, realmente, 20 e poucos anos: a Lindsay. Esta amizade ajuda-a, e bastante, neste disfarce de ela parecer mais nov/a (mesmo a Lindsay não sabendo de nada). A Lidsay namora com o director da editora, Gary, um gajo de ego bastante elevado e mete nojo, o que acaba por ser uma ajuda para Alice dentro da editora.
Quando toda esta história de se parecer mais nova começa, ela envolve-se com um rapaz, o Josh, que tem 20 e poucos anos. O tal rapaz que, sem querer, deu a ideia para toda estar artimanha. Apesar de Alice o evitar e querer que isto seja só um relacionamento casual, ela acaba por se interessar realmente por ele e se apaixonar. E começa a sentir-se culpada por lhe estar a mentir. E a cada dia que passa, a mentira torna-se maior, e maior, como uma bola de neve. E cada vez mais ela se sente culpada. Não só por estar a fingir ser mais nova, mas por estar a esconder uma parte importante da sua vida: que já foi casada e que tem uma filha, a Diana.

Pronto, a base da história é esta. Eu sei, é confusa, até para mim é difícil explicar, mas espero que tenham compreendido :)

Comparando o livro com a série:
A procura de trabalho da Alice, no livro, é muito mais complicada.
Na série ela assume mesmo uma idade, 26 anos, mas no livro ela nunca a diz. Deixa que as pessoas pensem que ela tem 28/29 anos, e nunca o desmente nem confirma.
No livro conseguimos perceber melhor e conhecer melhor a Maggie, a sua amiga lésbica e artista, que no livro resolve querer ter filhos.
Diana, a filha de Alice, na série está a estudar no estrangeiro. Porém, no livro, ela abandonou os estudos e foi para África fazer trabalho de voluntariado.
No livro, a Teri é uma cabra odiosa, que é casada e com filhos. Na série, apesar de continuar a ser cabra, consegue ser muito mais simpática e querida com a Alice, e é solteira.
O Josh, no livro, tem o objectivo de ir estudar para o Japão. Na série, pelo que recordo, penso que não.
A Alice, na série, é muito mais divertida e descontraída. No livro é muito mais... seria, desconsolada, não sei bem explicar...

Este livro é pequeno, tem uma escrita simples e fácil de ler, porém, não acho que nos prenda. E fiquei um pouco desiludida, porque os acontecimentos das coisas é diferente dos da série, e eu preferi os da série.
Esperava que a relação dela e do Josh fosse mais aprofundada como na série, no livro é falado muito superficialmente, e esperava também um final diferente.
Porém, é um final bastante realista e que nos deixa uma mensagem: que devemos aproveitar o presente sem receio do que pode vir a acontecer no futuro. Não deixar de viver o presente e de tentarmos ser felizes por medo de que, no futuro, as coisas corram mal.

Tive quase a dar 2 estrelas a este livro, mas, a base da história, a ideia, acheia realmente muito boa e bem pensada, e gostei também bastante da mensagem que nos transmite.

Se pensam que com isto que aqui disse que já sabem a história toda, desenganem-se!! Há muito mais por descobrir no livro! Muitas mais peripécias, uma luta e jogo constante para que a sua verdadeira vida e aquela que ela finge ter, não se cruzem, nem que ela caia no erro de dar a entender que é mais velha que aquilo que aparenta, fugindo, muitos vezes, à risca, pelos pingos da chuva, e tem também muitos momentos queridos. Especialmente, claro está com o Josh. E, mais para o fim, adorei a atitude da sua filha Diana. 
Acreditem, nem 1/4 do livro vos dei a conhecer :b

Apesar de tudo, foi uma boa leitura. Leve e agradável. 
Mas continuo a preferir a série :b


Citações que destaco:

"Apenas nós temos o poder de transformar os nossos sonhos em realidade."
pág. 23


"Tens um corpinho de miúda e a cabeça de uma adulta madura."
pág. 73


"...um livro que, ao fim de um longo dia de trabalho, as mantenha acordadas por mais do que metade de uma página."
pág. 79

 

http://4.bp.blogspot.com/-CwdykrJcgV0/Vdd8YBm2dWI/AAAAAAAAQSE/wueGLrRu5Nw/s1600/Younger.jpg
> Adquirir livro <
Sinopse:
Agora que o marido desapareceu e a filha cresceu, Alice precisa desesperadamente de uma nova vida. Graças a alguma tinta para o cabelo e a uns jeans justos, conquista um homem mais jovem e o trabalho que tinha antes de se converter numa mãe a tempo inteiro. Pela primeira vez, Alice, ao lado do jovem Josh e com o trabalho na editora, sente-se verdadeira e que a vida lhe está a oferecer muitas possibilidades. 

 
Páginas: 288
Editor: Suma de Letras
ISBN: 9789898775252







http://images.macmillan.com/folio-assets/author-photos-186/559992.jpg
Pamela Redmond Satran é colunista da revista Glamour e autora de vários romances e livros de humor, publicados um pouco por todo o mundo. Os seus livros têm dado origem a vários filmes e séries de sucesso.
Younger inspirou a nova série dos criadores de O Sexo e a Cidade.

1 comentário:

Tim disse...

Obrigada pela tua opinião, sendo assim vou poupar uns trocos :X