quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Do Outro Lado do Mar - WOOK & FOX

Olá, caros soberanos! :)

Desta vez, a WOOK juntamente com a FOX chegam-nos com um livro de um escritor Português, João Pedro Marques.

http://images.portoeditora.pt/getresourcesservlet/snews?WYq6D02d30HkgFBxyDcmxRpqmvHrwB4yanhyy7TNO9W1hxjctfq8Oo%2Fs3HyilGVADnic4OCYVHXZ%0AL3OEy7FX%2B0oCai%2FaSpp4zYysdwnUH%2FI%3D

João Pedro Marques nasceu em Lisboa, em 1949. Foi professor do ensino secundário e depois, durante mais de duas décadas, investigador do Instituto de Investigação Científica Tropical, a cujo Conselho Científico presidiu em 2007-2008. Doutorado em História pela Universidade Nova de Lisboa, onde lecionou durante a década de 1990, é autor de dezenas de artigos sobre temas de história colonial e de vários livros, dois dos quais publicados em Nova Iorque e Oxford (The Sounds of Silence, 2006, e, em co-autoria, Who Abolished Slavery? A Debate with João Pedro Marques, 2010). Em 2010, a Porto Editora publicou o seu primeiro romance, Os Dias da Febre, e, em 2012, Uma Fazenda em África, que, com várias edições, constituiu um dos grandes sucessos do ano.
 
O livro escolhido foi o Do Outro Lado do Mar, o seu livro mais recente e que é um romance passado no tempo da escravatura, de África ao Brasil. 
http://www.portoeditora.pt/conteudos/imagens/destaques/Banner_PE_DoOutroLadoDoMar_750x210.gif

Do Outro Lado do Mar,
de João Pedro Marques
http://2.bp.blogspot.com/-_nfZpxCYrC4/VfRoxkh6b9I/AAAAAAAA9AY/6ZyseaTu5pk/s1600/Sem%2BT%25C3%25ADtulo.png
Páginas: 368
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04760-1
Sinopse
Tudo começa na Primavera de 1833. Profundamente abalado por um desgosto de amor, o doutor Vasco Lacerda decide abandonar Lisboa para tentar curar o coração ao sol de uma nova vida, nos trópicos. Contudo, no decurso da sua viagem, vê-se arrastado, contra vontade, para o mundo da escravatura e toma contacto directo com realidades de que já ouvira falar, mas que nunca tinha sentido e percebido na sua verdadeira natureza. E trava, também, conhecimento com a gente que, para o melhor e o pior, povoa esse bárbaro mundo: Tarquínio Torcato, o cruel negreiro; Gaspar, o negro que odeia negros; Sara, a escrava que acende o desejo em todos os homens; Quisama, a pretinha que tudo quer aprender; Januário Paraíso, o velho cocheiro que canta canções de amor; e muitos outros e outras que enchem de afectos e de vida um universo de horrível desumanidade.
Do Outro Lado do Mar leva-nos numa viagem emocionante por esse universo, dos sertões de Angola às fazendas do Brasil, do ventre do navio negreiro à fábrica de açúcar, e mostra-nos como mesmo nos sítios mais improváveis e nas situações mais extremas podem nascer e crescer a solidariedade, a abnegação e fortíssimas relações de amor.
http://blog.simetria.org/wp-content/uploads/2015/10/af_JoaoPedroMarques_970x250.gif
Beijinhos, até ao próximo livro :)

Sem comentários: