quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Livros & Marcadores, com "O Sétimo Selo"

Boas, Soberanos!

Eu sei que tenho andado desaparecida, mas não tenho vindo para o computador. E, para a semana, vou viajar, e não levarei o portátil. Por isso, acho que vou andar mesmo ausente daqui uns tempos.
No entanto, tentarei deixar alguns posts agendados.
E claro está que continuarei a actualizar o facebook (com sneak peeks, trailers, promos,...) e o instagram sobre como estão a correr as minhas leituras, assim como o twitter e goodreads (links das redes sociais na lateral direita).
O Soberana da Noite não é constituído somente pelo blogue. É um conjunto de facebook, instagram, goodreads, twitter e blog. Tudo isto junto é que forma este meu pequeno mundo! :)





Mas bem, indo ao que interessa, esta semana resolvi trazer-vos um livro do escritor e jornalista português tão nosso conhecido, o José Rodrigues dos Santos, já que ele, esta semana, lançou mais um livro novo, As flores de Lótus (já agora, os restantes livros do autor estão com 20% de desconto no site WOOK).
O livro escolhido foi o "O Sétimo Selo", o terceiro livro da série de Tomás Noronha.



O Sétimo Selo,
de José Rodrigues dos Santos





Eu sei que nesta rubrica tenho trazido uma pequena opinião minha sobre o livro, mas já li este livro à tanto tempo que não me lembro! E não tenho a opinião escrita em lado nenhum.
Sei que gostei do livro e sei que falava sobre o comércio do petróleo. Sobre o facto de ele já ter atingido o seu pico máximo e agora estar a desaparecer.
Os temas que os JRS são sempre bastante enriquecedores, eu acho. Entre romance, acção e mistério, ele consegue introduzir realidade. Acho que é isso que dá um toque especial aos seus inúmeros livros (apesar de só ter ainda lido dois livros dela. Mas gostava de ler toda a série do Tomás Noronha, pelo menos).
Por tanto, como a minha memória não me permite escrever sobre ele, vou deixar-vos com a sinopse.
Eu sei, eu que os livros deste autor são caros, mas procurem nos grupos do facebook. Arranjam-se facilmente em segunda mão, em bom estado e a bom preço. É só uma questão de procurarem.
E eu acho que valem bem a pena :)



http://d.gr-assets.com/books/1378676114l/2734414.jpg
Páginas: 504
Editor: Gradiva
ISBN: 9789896162085
 
Sinopse
Um cientista é assassinado na Antárctica e a Interpol contacta Tomás Noronha para decifrar um enigma com mais de mil anos, um segredo bíblico que o criminoso rabiscou numa folha e deixou ao lado do cadáver: 666. O mistério em torno do número da Besta lança Tomás numa aventura de tirar o fôlego, uma busca que o levará a confrontar-se com o momento mais temido por toda a humanidade: O apocalipse.
De Portugal à Sibéria, da Antárctica à Austrália, O Sétimo Selo transporta-nos numa empolgante viagem às maiores ameaças que se erguem à sobrevivência da Humanidade. Baseando-se em informação científica actualizada, José Rodrigues dos Santos volta com este emocionante romance aos grandes temas contemporâneos, numa descoberta que poderá abalar a forma como cada um de nós encara o futuro da humanidade e do nosso planeta.
Prepare-se para o choque.



E, desta vez, trago-vos também um pequeno miminho. O que se encontra pela internet... :)
Caso queiram o marcador deste livrinho, mas não o consigam arranjar, deixo-vos aqui a imagem dele para que o possam imprimir. O marcador é em cartão e branco por trás, por isso podem-no fazer facilmente em casa, ou mandar imprimir numa gráfica ou assim, e até podem pôr a imagem na frente e no verso, se assim o desejarem.
Para isso, basta guardarem a imagem que aqui vos deixo, abri-la no word e colocar as dimensões que desejam. É super simples e rápido fazer marcadores. Já fiz alguns. E podem sempre plastificá-los, se querem que eles sejam mais resistentes. Boa sorte! :D



Mesmo sendo um escritor conhecido, deixo-vos na mesma a sua bibliografia e até à próximos! :D



José Rodrigues dos Santos

http://www.greenmedia.pt/wp-content/uploads/2015/02/Jos%C3%A9-Rodrigues-dos-Santos.jpgJosé Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 Moçambique. É sobretudo conhecido pelo seu trabalho como jornalista, carreira que abraçou em 1981, na Rádio Macau. Trabalhou na BBC, em Londres, de 1987 a 1990, e seguiu para a RTP, onde começou a apresentar o 24 horas. Em 1991 passou para a apresentação do Telejornal e tornou-se colaborador permanente da CNN entre 1993 e 2002.
Doutorado em Ciências da Comunicação, é professor da Universidade Nova de Lisboa e jornalista da RTP, tendo ocupado por duas vezes o cargo de Diretor de Informação da televisão pública. É um dos mais premiados jornalistas portugueses, galardoado com dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN, entre outros. 

Sem comentários: